Cultura

Cultura cokwe em livro de investigação

“Máscaras Cokwe: a linguagem coreográfica de Mwana Phwo e Cihongo” é o título do livro de investigação da coreógrafa Ana Clara Guerra Marques que é apresentado hoje, às 17h30, na União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda.

O livro, resultante de uma pesquisa, traz informações actualizadas sobre os Akixi, ou bailarinos mascarados, na Angola de hoje, mas do ponto de vista da dança, enquanto plataforma académica.
A autora, procura abordar, ainda, pela primeira vez, o estudo das máscaras cokwe numa perspectiva da Etnocoreologia. O livro faz análise dos padrões de dança e das características da performance das máscaras, ao ponto de permitir ao leitor ter melhor compreensão do papel destas na estruturação e equilíbrio da sociedade cokwe.
Ao contrário do noticiado na edição de segunda-feira do Jornal de Angola, o livro, não é de contos, mas sim um trabalho de investigação, de anos, que incide sobre a performance e a linguagem corporal das máscaras de dança Mwana Phwo e Cihongo, enquanto estruturas de comunicação capazes de sustentar uma memória colectiva.
Pioneira da dança contemporânea em Angola, Ana Clara Guerra Marques é mestre em Performance Artística - Dança e licenciada em Dança na área da Educação, bailarina, coreógrafa e investigadora. Durante 37 anos trabalhou no Ministério da Cultura angolano, onde foi directora da Escola Nacional de Dança e consultora do Ministério da Cultura. Fundou a primeira companhia profissional angolana, a Companhia de Dança Contemporânea de Angola.