Cultura

Dom Caetano abre novo projecto musical

Dom Caetano foi o artista de cartaz da primeira edição do projecto musical “Kuimbila ni Kukina Semba” (cantar e dançar semba), realizado na tarde de sábado, no salão João Adilson, no bairro Marçal.

Suporte musical da banda Yetu, Dom Caetano fez-se acompanhar pelos colegas Lulas da Paixão e Augusto Chakaya, três grandes nomes do semba que animaram a tarde, conduzindo os presentes aos grandes sucessos, que os colocaram na ribalta deste estilo musical emblemático.
Dom Caetano não só cantou sucessos, aos quais os passistas não se sentiram indiferentes, como rendeu singela homenagem a Agostinho Neto, de quem interpreta, em kimbundu, o poema “Adeus à hora da largada”.
“Foi a primeira edição de um projecto que tem tudo para dar certo. O semba ganhou mais um ponto íntimo para promoção e divulgação para as novas gerações”, disse o músico num dos momentos da actuação.
Igualmente, contente pela abertura de mais um espaço de cultura onde o semba é tido em distinção, Augusto Chakaya garantiu apoio total à organização e manifestou a alegria pelo facto de o local ser num bairro que está intrinsecamente ligado a grandes nomes da música.
“É mais um espaço e sabe bem por ser aqui, dentro do Marçal. E eu sou uma das pessoas que, por tanto incentivar artistas a virem cá, posso muito bem dizer que faço parte deste projecto”, disse o autor de “Quem procura acha”.
Casa de gema marçalina, o espaço João Adilson pertence ao promotor cultural que responde pelo mesmo nome. O espaço está situado na “Rua da Dona Zita”, de quem é neto.