Cultura

Letras angolanas estão de luto pela morte de António Gonçalves

A literatura angolana está de luto. Morreu, na madrugada de quinta-feira, em Luanda, aos 60 anos, o escritor António Gonçalves, vítima de doença. A notícia da morte do poeta foi uma surpresa para os homens das letras.

O secretário-geral da União dos Escritores Angolanos (UEA), David Capelenguela, informou, ontem, ao Jornal de Angola, que António Gonçalves encontrava-se adoentado, tendo piorado nos últimos dias. “Ele passou mal e foi socorrido. Mas não resistiu a caminho de uma unidade hospitalar da capital”, disse.

Para David Capelenguela, foi com profunda dor e consternação que os membros da UEA tomaram conhecimento do falecimento do antigo secretário da UEA, de 1996 a 2001. António Domingos Gonçalves nasceu em Luanda a 10 de Agosto de 1960.

Integrou a Brigada Jovem de Literatura. É membro da União dos Escritores e Artistas de Cuba, da Organização Poetas do Mundo e do Movimento Poético Mundial.