Cultura

Massano Júnior fala em “mau clima”

A existência de mau clima, litígios e querelas criadas por um grupo está a perturbar o ambiente de trabalho entre os membros da União Nacional dos Artistas e Compositores - Sociedade de Autores (UNAC-SA), revelou na quarta-feira o presidente interino da organização, Massano Júnior, durante uma visita efectuada aos seus associados no Huambo.

Massano Júnior, que se fez acompanhar de alguns dirigentes, revelou que a sua visita tem como objectivo esclarecer os associados do Huambo sobre o actual momento que a organização vive. Adiantou que o mau clima na UNAC-SA está a ser causado por meia dúzia de pessoas. Por isso, disse ser necessário informar os associados sobre os problemas que afectam a UNAC-SA, com a finalidade de encontrarem soluções para ultrapassar a crise e fazer com que a organização siga um novo rumo com dinamismo e coesão.
Em relação às carteiras profissionais, apelou aos artistas e a todos os agentes culturais em geral, a obterem os seus documentos profissionais, sublinhando que a UNAC-SA está aberta para atribuir as carteiras de trabalho. Durante o encontro com artistas e compositores do Huambo, o responsável para a área jurídica, Africano Kangombe, disse que, devido à ausência do presidente Arnaldo Calado, nomeado para outras funções, um grupo de associados criou um movimento para destituir o presidente interino, Massano Júnior, e tentaram refazer os estatutos em seu benefício, convocando uma assembleia-geral.