Cultura

Muzongué da Tradição presta homenagem a Chico Montenegro

O músico Chico Montenegro, considerado o rei do bolero angolano, é o homenageado desta edição do projecto Muzongué da Tradição, que acontece na segunda-feira, dia 11, no Centro Recreativo e Cultural Kilamba, em Luanda, e tem como principal figura de cartaz Os Jovens do Prenda.

A banda, que actua nesta edição com nomes como Augusto Chacaya, Robertinho, Dina Santos e Dom Caetano, é o destaque desta edição do Muzongué, que celebra, também, a dia da Independência Nacional.

Os Jovens do Prenda é a banda onde Chico Montenegro se tornou uma referência do mercado nacional, ao lado de nomes como António Imperial “Baião”, Augusto Chacaya, Didi da Mãe Preta, Dom Caetano, Esteves Bento, Zé Mueleputo, Benjamim, Charles e Toni do Fumo Filho.
Nesta edição, a banda vai recordar, principalmente, os êxitos de Chico Montenegro, num espectáculo onde Robertinho e Dina Santos são as “surpresas” do dia.
Francisco Miguel António (Chico Montenegro) iniciou-se nas lides musicais no coro da Igreja Metodista e esteve na base da criação de Os Jovens do Prenda, em 1968. Entre seus os principais sucessos, constam “Teté”, “Isabel”, “Bolero Jovem”, “Passagem do Rio”,“Nguizembe” e “Papá Papá”.
O Muzongué da Tradição é um projecto criado para valorização e reconhecimento da música angolana e, ao longo dos anos, inspirou muitos projectos semelhantes.