Desporto

Angola decide passagem para a final com Zâmbia

A Selecção Nacional Sub-20 de futebol e a similar da Zâmbia decidem hoje, às 13h30, a qualificação para a final da 26ª edição da Taça Cosafa, no Estádio Nkoloma, na cidade de Lusaka, onde decorre a prova desde o pretérito dia 4 de Dezembro.

A final do torneio está marcada para sábado, às 14h00, no mesmo recinto dos arredores da capital da Zâmbia. Antes, às 10h30, no mesmo local, disputa-se a partida para a definição do terceiro classificado.
Os angolanos estão ansiosos em chegar à primeira final depois de 2011, no Botswana, onde perderam com a Zâmbia. Os Palanquinhas nunca ergueram o troféu re-gional. Em 2011, a Selecção Nacional perdeu com o adversário, por 2-1, em jogo da final da Taça Cosafa, disputado no Estádio da Universidade do Botswana, em Gaberone. Na altura, os Sub-20 eram orientados por João Cláudio "Miller" Gomes, actual director técnico da Federação Angolana de Futebol (FAF).
A Zâmbia, que perdeu o título na edição passada, na cidade de Kitwe, também ambiciona reconquistar a taça. Os angolanos voltam a cruzar com os zambianos, depois de terem jogado na edição passada, para a definição do terceiro lugar, com triunfo dos Palanquinhas, por 2-1, no Estádio Nkana, em Kitwe.
Esta partida opõe os Palanquinhas, que ocuparam sem derrotas a primeira posição do Grupo C, com nove pontos, à Zâmbia, também invicta no primeiro lugar do A, com igual pontuação.
No primeiro desafio das meias-finais, a África do Sul, primeiro classificado do Grupo B, com sete pontos, mede forças com o Madagáscar (segundo classificado da mesma série, também com sete), às 10h00, no Estádio Nkoloma.
Na primeira fase da prova, estas selecções empataram a uma bola no Estádio Sunset, para a segunda jornada do grupo.
Os sul-africanos jogam para a defesa do título, conquistado no ano passado na cidade de Kitwe, Zâmbia, depois de ter derrotado na final o Zimbabwe, por 4-3, aos penalties no Estádio Nkana. Madagáscar, por seu turno, pretende chegar à final e levantar pela primeira vez o troféu.