Desporto

Evolução das bolas do Mundial do Japão domina encontro

O desenvolvimento das bolas oficiais da 24ª edição do Campeonato do Mundo sénior feminino de andebol, e a implementação da bola sem resina, dominaram ontem o encontro entre o presidente da Federação Internacional (IHF), Hassan Moustafa, e os representantes da fabricante Molten.

Na reunião realizada em Basileia, os membros da empresa japonesa garantiram que a tecnologia actualizada vai permanecer nas bolas oficiais da competição. Quanto às sem resina, a implementação está marcada para o Mundial feminino de cadetes de 2020.
Os preparativos do campeonato de seniores, a decorrer no Japão, cujo arranque está marcado para 30 do corrente, e os relatórios das distintas comissões de trabalho também mereceram atenção dos intervenientes.
“Foi possível discutir e analisar algumas tarefas. Por outro lado, abordámos também as competições continentais realizadas de 2017 a 2019, o desenvolvimento da modalidade em diferentes regiões, com foco particular na Ásia. Os Jogos Olímpicos de 2024, a implementação do andebol na escola e de praia também foram debatidos”.