Desporto / Futebol

Federação de Futebol sanciona infractores

A Federação Angolana de Futebol (FAF) vai punir com multa no valor de 3 milhões de kwanzas e derrota por três bolas a zero, os clubes do Girabola Zap'2017 que não incluírem na equipa inicial 70 por cento dos jogadores titulares nas três últimas jornadas do Campeonato Nacional.

A informação vem expressa no Comunicado Oficial da FAF, datado de 12 deste mês e divulgado ontem pelo organismo reitor da modalidade no país.
A FAF recomenda o cumprimento do artigo 39º do Regulamento do Campeonato Nacional da Primeira Divisão, para a preservação da Verdade Desportiva.
De acordo com o Comunicado Oficial nº 044, o clube deve incluir no modelo 26 (boletim de jogo), os atletas titulares utilizados durante mais de 75 por cento dos jogos do Girabola Zap.
O campeonato, que começou no dia 10 de Fevereiro com o “baptismo” do Santa Rita de Cássi, diante do Recreativo do Libolo (0-1) no Estádio Municipal 4 de Janeiro na cidade do Uíge, termina a 5 de Novembro, data prevista para a disputa da 30ª e última jornada.
Além da disputa pela conquista do título, travada pelo 1º de Agosto e Petro de Luanda, na cauda da tabela cinco equipas, designadamente FC Bravos do Maquis, Académica do Lobito, ASA, Progresso da Lunda-Sul e JGM do Huambo, batem-se pela permanência na competição. A medida da FAF vai incidir sobre as formações com a situação já definida no Girabola Zap que defrontarem frente as equipas do topo, como as da fuga da despromoção, sem os seus melhores jogadores.