Desporto

Judoca militar disputa Open Pan-americano

Casimiro Bento “Miro”, atleta da categoria dos 100 quilos do 1º de Agosto, embarca esta manhã, via São Paulo, Brasil, para a cidade de Lima, Peru, onde vai competir neste sábado e domingo no Open Pan-Americano de judo, no quadro da qualificação para a XXXVII edição dos Jogos Olímpicos de Tóquio'2020, Japão.

A informação foi avançada, ontem ao Jornal de Angola, pelo próprio atleta do clube militar do Rio Seco, que encerrou a preparação na segunda-feira à noite na Escola de Judo do Rangel, em Luanda.
“Tenho tudo pronto para a viagem. Conto com o patrocínio do Banco Económico e de um Programa de Apoio dos atletas do 1º de Agosto para os Jogos Olímpicos”, disse “Miro” Bento, anima-do com a deslocação à América do Sul.
Depois da cidade de Lima, o judoca segue para a capital da Argentina, Buenos Aires, onde participa no Open de Buenos Aires, de 25 a 26 deste mês.
“Miro” Bento fez saber que os judocas da Argentina, Brasil, Camarões, Canadá, Chile, EUA, Japão, México, França, Peru e Portugal são os seus principais opositores.
Para as duas provas, o atleta começou a preparação no mês de Janeiro na Ilha do Cabo, com o treinador  Yuri Paim (aspectos técnicos), orientado pelo preparador físico cabo-verdiano, Paulo Fernandes.
Na edição anterior, disputada em 2017, no Open do Peru, o judoca do 1º de Agosto conquistou a medalha de bronze. No mesmo ano, na Argentina, “Miro” Casimiro quedou-se no quinto lugar do Open Pan-americano.
Pela participação em cada competição no continente americano, o judoca militar tem de acumular pontos, devido à concorrência na sua categoria em África, na disputa do apuramento para os Jogos Olímpicos.