Desporto / Outros Desportos

"Guerreiros" encerram estágio com o Benfica

A Selecção Nacional sénior masculina de andebol encerra hoje, o estágio-pré competitivo na região do Rio Maior, Portugal, após defrontar às 11h30, a equipa do Benfica no Pavilhão número 2 da Luz.

O desafio entre angolanos e portugueses está inserido na preparação do \"sete\" nacional para o Campeonato Africano das Nações (CAN), a disputar-se de 17 a 27 do mês corrente em Libreville, Gabão. A julgar pela capacidade técnica individual e colectiva, os benfiquistas são à partida teoricamente favoritos ao triunfo.
Ontem, os comandados de Filipe Cruz aprimoraram os fundamentos técnicos e tácticos. Apesar do favoritismo da formação da casa, os \"Guerreiros\" planeiam fazer uma partida irrepreensível e, se lhes permitirem, saírem vitoriosos do encontro.
Na terça-feira, a selecção perdeu com o Benfica, por 31-34. Embora tenha consentido a primeira derrota no estágio, o grupo deixou bons indicadores. A diferença de três golos evidencia o equilíbrio na partida.
O conjunto português, cujas rotinas de jogos de alto nível já estão consolidadas, precisou de se empenhar para chamar a si o triunfo, ante a réplica apresentada pelos \"Guerreiros\". Filipe Cruz e pupilos aproveitam o estágio para ganhar rodagem competitiva.
No “africano” do Gabão, Angola pretende manter-se no pódio e se for possível melhorar o terceiro lugar da edição de 2016. Depois da preparação realizada em Luanda, em Portugal, na região de Rio Maior, a selecção disputou cinco jogos de controlo.
Angola venceu o primeiro desafio frente ao Rio Maior, por expressivos (44-15), segundo diante do Boa Hora (44-17) e com o Belenenses (24-21). Com o Benfica, o \"sete\" nacional perdeu (31-34) e com o Belenenses triunfou (30-29). Amanhã a selecção viaja para Casablanca, Marrocos, em escala para o Gabão.
No CAN, Angola está inserida no Grupo A e começa a fase preliminar com a Nigéria, no dia 17. A seguir defronta o Congo Democrático, Marrocos  e encerra a primeira etapa com o Egipto (campeão).
Geovani Muachissengue, Cláudio Lopes, Fábio Lopes (guarda-redes),Gabriel Tecas, Agnelo Kitongo, Aguinaldo Tati (pivôs), Edivaldo Ferreira, Mário Tati, Feliciano Couveiro e Adelino Pestana (meia-distâncias), Adilson Maneco, Elias António e Elsimar Santos, Nestor Kinanga e Otoniel Pascoal (pontas) são os jogadores que integram a selecção.