Desporto

Políticas desportivas têm a contribuição dos jovens

Jovens ligados a associações desportivas públicas e privadas vão, a partir do próximo ano, participar na tomada de decisões sobre as políticas desportivas nacionais, garantiu ontem, em Luanda, a ministra da Juventude e Desportos.

Ana Paula Neto, que falava na abertura do XII Conselho Consultivo do MINJUD, disse que o êxito da actividade desportiva, que consta na agenda do Executivo, contará com a participação de jovens com responsabilidade.

Para a ministra, o desporto nacional e a melhoria das condições de vida dos praticantes só atingirão níveis satisfatórios quando todos os actores se juntarem ao esforço do Executivo.
Ana Paula Neto exortou aos líderes de associações desportivas públicas e privadas a trabalharem unidos por forma a supe- rarem os problemas, carências e as dificuldades individuais e colectivas.
Apesar da crise financeira e económica que afecta a juventude, em particular, e o desporto, em geral, a ministra pediu maior engajamento e uma participação activa no sentido de se alcançar os objectivos delineados, visando a melhoria da qualidade de vida dos praticantes.
O XII Conselho Consultivo constituiu uma oportunidade para reflectir e partilhar informações úteis, capazes de contribuírem para o desenvolvimento do desporto em Angola.
“Estamos convictos de que os temas tratados nesse encontro sejam firmes de modo a ajudar o Executivo a resolver os problemas económicos e sociais que a classe desportiva enfrenta”, disse a ministra.
Para o professor Vitorino Cunha, é urgente pôr em prática novas metodologias desportivas capazes de elevar o nível de competitividade dos atletas, e fazer do desporto uma fonte de rendimento para a economia.