Desporto

Selecção Sub-17 viaja hoje para o estágio em Brasil

Em dia de viagem, a Selecção Nacional Sub-17 de futebol, realiza hoje, às 8h30, no Estádio Nacional da Cidadela, a derradeira sessão de treino, visando a disputa da 18ª edição do Campeonato do Mundo da categoria, a decorrer de 26 do corrente a 17 de Novembro, no Brasil.

No último ensaio em Lu-anda, o técnico Pedro Gonçalves vai privilegiar a condição física e o trabalho técnico com bola dos jogadores, a fim de avaliar o desempenho individual e colectivo do grupo.
Logo a seguir ao apronto, os 20 jogadores escolhidos por Pedro Gonçalves concentram-se em regime de estágio, já que à noite viajam para o local da competição, onde cumprem um estágio pré-competitivo.
Durante a preparação no Brasil, a Selecção Nacional deve efectuar três jogos de controlo, sendo que o primeiro acontece no dia 14 deste mês, frente à sua similar do Equador. Os restantes dois desafios com o Japão e o Chile estão por se confirmar.
Contactado pelo Jornal de Angola, Miller Gomes, director técnico da Federação Angolana de Futebol (FAF), referiu que os “amistosos a serem realizados no Brasil, passam por elevar os níveis de confiança e competitivo dos atletas, a julgar pelos objectivos idealizados na prova”, salientou o dirigente desportivo.

Capita na comitiva
Suspenso pela direcção do 1º de Agosto, por se recusar a treinar com o plantel do tetra-campeão angolano, Capita integra a lista de convocados para a “Operação Brasil”.
Para o Mundial, Pedro Gonçalves leva os seguintes jo-gadores: Geovani e Cambila (guarda-redes); Gegé, Domingos, David, Pablo, Afonso, Manilson, Mimo, Porfírio e Tino (defesas); Beny, Zine, Maestro, Netinho, Nelinho, Abdoul e Pedro Banga (mé-dios); Osvaldo Capita e Zito Luvumbo (avançados).
O 1º de Agosto está representado com o maior número de atletas, nomeadamente Geovani, Afonso, Manilson, Capita, Zito Luvumbo e Zine. Angola está inserida no Grupo A, com as selecções do Brasil, Canadá e Nova Zelânida, ad-versário de estreia no dia 26, às 17h00, no Estádio Bezerrão. O Brasil defronta o Canadá.