Economia

Banco central mantém taxa de juro

O governador do Banco da Namíbia anunciou, na quinta-feira, no fim de uma reunião do Comité de Política Monetária (CPM), a manutenção da taxa de juro básica em 7,00 por cento, nível que considerou apropriado para manter a paridade com o rand sem comprometer o crescimento.O governador do Banco da Namíbia anunciou, na quinta-feira, no fim de uma reunião do Comité de Política Monetária (CPM), a manutenção da taxa de juro básica em 7,00 por cento, nível que considerou apropriado para manter a paridade com o rand sem comprometer o crescimento.


O jornal “The Namibian” citou ontem Ipumbu Shiimi a afirmar que a decisão também se deveu à constatação  do banco central de que a actividade económica nos mercados emergentes e países em desenvolvimento (EMDE) registou melhorias no primeiro trimestre de 2017, excepto na África do Sul.
“O crescimento económico do primeiro trimestre na África do Sul contraiu. Como é o nosso maior parceiro comercial e uma das maiores economias do continente, é do nosso próprio interesse que a economia sul-africana cresça”, o que é impulsionado pela manutenção de juros baixos.
Além disso, disse o governador, desde a última reunião do CPM, em Abril, os bancos centrais das economias mais avançadas e das emergentes deixaram as taxas de juro de referência inalteradas, à excepção do Brasil e da Rússia.
Ipumbu Shiimi avançou, ainda, que os indicadores disponíveis da economia namibiana permaneceram fracos nos quatro primeiros meses do ano e que o crescimento do crédito ao sector privado voltou a abrandar. O governador considerou que o abrandamento do crédito ao sector privado é uma “boa notícia” e apelou os tomadores de empréstimos a utilizarem o dinheiro para expandir os negócios.
“É bom ver que temos particulares que começaram poupar e a reduzir o endividamento, bem como (observar) a desaceleração no crédito concedido às famílias”, declarou Ipumbu Shiimi.
O volume das reservas internacionais líquidas da Namíbia ficou em níveis suficientes para cumprir as obrigações externas do país, cifrando-se, a 1 de Junho, em 24,2 mil milhões  de dólares namibianos (311 mil milhões de kwanzas).
“Em grande parte, este resultado foi conseguido graças aos investidores institucionais, que decidiram liquidar alguns de seus investimentos no estrangeiro para investir na economia doméstica”, apontou o governador do Banco da Namíbia.
Ipumbu Shiimi disse que a taxa de inflação da Namíbia diminuiu de 8,2 por cento em Janeiro para 6,7 em Abril, mantendo-se na média prevista.
O juro básico é a taxa à que banco central empresta dinheiro aos bancos comerciais e a sua manutenção representa um alívio para os consumidores, que vêem, assim, as variáveis dos empréstimos a permanecerem acessíveis.