Economia

Doze empresas nacionais expõem na feira da China

As  potencialidades da Zona Económica Especial Luanda-Bengo (ZEELB) são apresentadas hoje aos investidores que participam na Primeira Feira Internacional de Importação e Exportação da China, que decorre na cidade de Shangai, desde segunda-feira, num dia dedicado a Angola.


A  Agência de Investimento Privado e Promoção das Exportações (AIPEX), segundo apurou o porta-voz do Ministério do Comércio, vai aproveitar o “Dia de Angola” para realizar uma conferência para explicar as mudanças efectuadas na legislação do país para melhorar o ambiente de investimento.
 De acordo com o ministro do Comércio, Joffre Van-Dúnem, que encabeça a delegação angolana no evento, Angola vai aproveitar esta oportunidade para mostrar as suas potencialidades nos mais variados domínios.
Angola participa no evento, que termina amanhã, com 12 empresas e três associações empresariais.
 A feira tem como objectivo promover o comércio internacional da China e é uma plataforma de cooperação na qual os países participantes, e as respectivas empresas, apresentarão o seu nível de desenvolvimento, abordando assuntos económicos e comerciais globais.
A iniciativa, anunciada em Maio de 2017, pelo Presidente da República Popular da China, Xi Jin Ping, é organizada pelo Ministério do Comércio deste país, com o apoio da Organização Mundial do Comércio (OMC) e das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO).