Economia

Peritos noruegueses formam angolanos

Angola e a Noruega partilham experiências no sector petrolífero com a realização de uma acção de formação em Luanda ministrada por peritos noruegueses, em que  participam 40 técnicos do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleo.

À margem do seminário sobre “Boa gestão dos recursos petrolíferos baseado na experiência norueguesa”, que termina hoje, o ministro conselheiro da embaixada da Noruega em Angola, Havard Hoksnes declarou que Angola é o país africano com o qual a Noruega tem a mais importante relação económica.  “Temos uma forte parceria no sector petrolífero e das pescas e as nossas companhias têm apoiado Angola em várias actividades sociais”, disse.
O  volume de negócios em 2016 atingiu dois mil milhões de  dólares, sem avançar os valores envolvidos nas trocas comerciais entre os dois países, nos dois últimos anos, tendo adiantado apenas que as perspectivas para este ano são positivas.
A directora assistente do Ministério dos Petróleos e Gás da Noruega, Mette Agenip, que apresentou o tema “Boa gestão dos recursos petrolíferos, baseada na experiência norueguesa”, disse que as autoridades do seu país mantêm um diálogo permanente com as companhias petrolíferas norueguesas que operam em Angola, encorajando-as a cumprir com os regulamentos e as leis do país.
Segundo a especialista, na Noruega não existe corrupção nas companhias que operam em blocos de produção, tarefa de grande responsabilidade que requer muito rigor. “Não temos corrupção a nível do Governo”, afirmou.