Política

Insuficiência de magistrados preocupa entidades de direito

O também juiz presidente do Tribunal Provincial de Malanje, que falava terça-feira, durante a  IV reunião da Comissão Provincial de Coordenação Judicial, acrescentou que,  a falta de mais magistrados judiciais e operadores de justiça está criar muitas dificuldades no tratamento  célere dos processos crimes e não crimes, tendo em conta a especificidade dos mesmos.

Felix Sebastião admitiu a necessidade de admissão de  mas operadores de justiça quer,  por meio de  concurso publico de ingresso, como também de promoção a nível do tribunal  e dos órgãos que integram  o Ministério Publico,  na sede da província e nos restantes municípios.

Segundo o coordenador da Comissão Provincial de Coordenação Judicial , independentemente da falta de mais funcionários e   magistrados, outro problema actual  tem a ver com as ausências de detidos ao julgamento.