Mundo / África

Atentado dos radicais mata dez pessoas na Somália

Pelo menos, dez pessoas morreram, entre as quais cinco rebeldes, na noite de quarta-feira, num ataque da milícia radical islâmica al-Shabab, em Mogadíscio, capital da Somália, anunciou, ontem, à Lusa, a Polícia local.

“As forças de segurança puseram fim ao ataque radical, no hotel SYL, depois de resgatarem mais de 80 pessoas”, de acordo com um relatório da Polícia.
“O número de mortes confirmadas é de dez, incluindo dois membros das forças de segurança e três civis”, acrescentou.

O relatório indicou que o ataque causou 11 feridos ligeiros e, pelo menos, cinco membros da al-Shabab foram abatidos.
De acordo com várias testemunhas, os atacantes vestiam uniformes da Polícia, o que permitiu que se aproximassem do hotel sem levantar suspeitas.