Mundo

Ataque armado em Chimoio provoca mais duas mortes

Um ataque contra uma viatura ligeira usada para transporte colectivo provocou a morte de duas pessoas e ferimentos em outras três, numa estrada terraplanada no interior de Gondola, centro de Moçambique, disseram ontem à Lusa testemunhas e autoridades locais.

“Os tiros saíam de um cemitério. O primeiro atingiu o pneu de frente do carro e o segundo atingiu o meu pé direito, o que fez o carro despistar”, contou à Lusa Chiringa Taimo, o condutor do veículo enquanto recebia tratamento no banco de socorro do Hospital Provincial de Chimoio.
Com este ataque, sobe para dez o número de mortos desde Agosto devido a incursões armadas, contra veículos, alvos civis e das forças de defesa e segurança, aumentando também o raio de actuação.
A zona central de Moçambique foi historicamente palcode confrontação armada entre forças governamentais e a Renamo até Dezembro de 2016, altura em que as armas se calaram e foi assinado um acordo de paz.