Mundo

Cabo Verde quer ser exemplo

O Vice-Primeiro-Ministro de Cabo Verde, Olavo Correia, disse, ontem, que o país tem de trabalhar para ser “exemplar” no combate à corrupção.

Segundo a Lusa, as declarações foram feitas durante à abertura de um seminário sobre “Trans- parência na Contratação Pública”, não deixando de criticar a generalização, na opinião pública, de casos pontuais, face às repercussões na reputação nacional.
Olavo Correia que presidiu ao acto, sublinhou que o combate à corrupção é uma das grandes bandeiras do Governo. “Estamos a trabalhar para garantir uma rede de aquisições públicas cada vez mais transparente e com capacidade para punir os prevaricadores”, disse o também ministro das Finanças. Sublinhou que o país tem “estado a avançar” em matéria de transparência e combate à corrupção, dando como exemplos a criação do Conselho de Prevenção da Corrupção ou a nova Lei da Dívida Pública.