Mundo

Chuvas fortes cortam tráfego

A circulação de comboios na linha de Ressano Garcia está interrompida, na sequência da chuva forte que caiu na noite de segunda-feira em Maputo, disse à Lusa o porta-voz dos Caminhos de Ferro de Moçambique (CFM).

“A linha está interrompida no momento. As nossas equipas estão a trabalhar no terreno desde ontem e esperamos que a situação seja resolvida até ao final do dia”, disse Adélio Dias ao início da manhã.
A linha férrea de Ressano Garcia liga Moçambique e a África do Sul e serve como via de escoamento de mercadorias que transitam do Porto de Maputo para o território sul-africano e vice-versa.
Com a chuva que caiu na noite de segunda-feira, a corrente de água arrastou o balastro onde assentam os carris, gerando uma cratera que impossibilita a circulação de comboio no troço entre Machava e Infulene, segundo explicou o porta-voz dos CFM.
Na tarde de terça-feira, as equipas técnicas do CFM conseguiram resolver o problema, mas nas primeiras horas do dia de ontem a linha voltou a ser interrompida devido a mesma anomalia.
O porta-voz dos CFM disse que o problema, que acontece todos anos, é causado pelo lixo que as pessoas deixam na linha.