Mundo

Greta Thunberg é eleita “Personalidade do Ano”

A activista sueca Greta Thunberg foi escolhida pelos editores da revista norte-americana “Time” a “Personalidade do Ano”, sendo a mais jovem alguma vez eleita pela publicação.

“Por soar o alarme em relação ao relacionamento predatório da humanidade com a única casa que tem, por trazer a um mundo fragmentado uma voz que transcende fronteiras, por nos mostrar a todos o que pode acontecer quando uma nova geração nos guia”, justificam os editores. Há 92 anos que a revista escolhe a pessoa que teve mais impacto nos 12 meses anteriores. Nenhuma, porém, era tão jovem como Greta, que tem 16 anos.
Os editores da revista Time justificam a escolha da activista pelo clima apontando que “mudanças significativas raramente acontecem sem a força catalisadora de pessoas influentes” e que, em 2019, a “crise existencial da Terra encontrou essa pessoa em Greta Thunberg”.