Opinião / Cartas dos Leitores

O nosso futebol

Embora, o campeonato esteja entre os melhores do continente, não há dúvidas de que ultimamente uma das coisas de que mais se fala, é precisamente o estado do nosso futebol. Se há algum tempo se recomendava, hoje, parece inspirar muitos cuidados, sobretudo a julgar pelo estado em que se encontram os clubes.

Há dias, ainda foi manchete o facto da Federação Angolana de Futebol (FAB) ter encontrado, aparentemente muitas dificuldades para dar solução, quanto ao campo para a selecção treinar. Depois, outras situações menos boas, que continuam a complicar a inserção do nosso futebol na mais alta roda do futebol africano. Todos estes problemas precisam de ser resolvidos, para bem do nosso futebol e com muita urgência. Depois, foi o recuo dos clubes em ceder os jogadores, uma realidade nunca antes vista no nosso futebol, num claro desafio à FAF. E, não seria exagero dizer, que os problemas e desafios da instituição assemelham-se muito aos problemas do nosso futebol. Mas o que é que se passa com o nosso futebol, parece ser claramente a pergunta que não se cala, na medida em que não há solução no curto e médio prazos para os seus problemas, particularizando-se aqui, obviamente, a situação ao nível da selecção. Julgo que a FAF devia contar com um conselho consultivo, formado por velhas glórias do nosso futebol, e se possível, com aqueles que passaram a treinadores. Estes, precisam de ter uma palavra a dizer, quando se trata da contratação de um treinador, seja nacional ou estrangeiro.

Fernando de Matos
| Miramar