Política

Cuquema com nova instituição prisional

Um estabelecimento prisional, com capacidade para albergar  1.500 reclusos, está a ser construído no centro administrativo do Cuquema, 18 quilómetros a oeste da cidade do Cuito, província do Bié.

A instituição prisional vai permitir ultrapassar as dificuldades existentes na gestão da população penal, dado o excesso de lotação que se regista na cadeia da comarca, segundo o  director de Comunicação Institucional e Imprensa da delegação provincial do Ministério do Interior, inspector-chefe José Daniel.
Em declarações à Angop, José Daniel explicou que o excesso de presos cria transtornos na acomodação dos reclusos, uma vez que a cadeia da comarca foi concebida para 250 presos e acolhe actualmente 723.
O director de Comunicação Institucional e Imprensa salientou que a situação preocupa as autoridades e a sociedade civil, razão pela qual apela às forças da ordem pública e à população, sobretudo os jovens, no sentido de contribuírem para o combate à criminalidade, violência, imigração e  sinistralidade rodoviária.