Política

Luanda e Jacarta abordam relançamento da cooperação

As bases para o relançamento da cooperação entre Angola e a Indonésia foi o tema de uma conversa telefónica que o ministro das Relações Exteriores, Téte António, teve com a homóloga da Indonésia, Retno Marsudi.

Durante a conversa, ocorrida quarta-feira, os dois ministros acordaram organizar, brevemente, uma reunião por videoconferência, com vista a identificar os pontos prioritários para o relançamento da cooperação entre Angola e Indonésia, indica a mesma nota do Ministério das Relações Exteriores. Téte António e Retno Marsudi passaram, igualmente, em revista os instrumentos jurídicos já existentes entre os dois Estados e que carecem de revitalização para a sua implementação, mediante a execução de acções concretas.

Téte António manifestou a necessidade de a homóloga indonésia incentivar os homens de negócios do seu país a se interessarem em investir no sector produtivo angolano. As autoridades indonésias, por sua vez, manifestam o desejo de cooperar com Angola nos domínios das Infra-estruturas, Construção Civil (estradas), Transportes, entre outros.

A Indonésia é um parceiro importante no domínio da cooperação Sul-Sul, desde os tempos da Conferência de Bandung, realizada entre 18 e 24 de Abril de 1955. Desde então, Angola e Indonésia mantiveram relações políticas, ainda que de forma indirecta. As relações políticas e diplomáticas entre Angola e a Indonésia conheceram o assinalar de um outro patamar em 7 de Agosto de 2001.

“Sendo a República da Indonésia uma das maiores economias da região e a 10ª mundial, não gostaríamos de estar distantes desse povo amigo e com grande experiência para partilhar com os parceiros de África, como nós”, disse o ministro Téte António, no final da conversa com a chefe da diplomacia daquele país asiático.

Em Fevereiro de 2018, houve uma troca de mensagens entre os dois Chefes de Estado. Na ocasião, os Presidentes João Lourenço e Joko Widodo expressavam o desejo de verem reforçadas as relações entre os dois países. Angola e a Indonésia têm assinados vários instrumentos de cooperação, designadamente o Acordo de Isenção de Vistos em Passaportes Diplomáticos e o Memorando sobre Consultas Políticas entre os Ministérios das Relações Exteriores.