Política

Maiores partidos angolanos recebem líder do CDS/PP

Os três maiores partidos angolanos (MPLA, UNITA e CASA-CE) receberam ontem, em separado, a líder do CDS/PP, Assunção Cristas, que veio a Angola a convite da Universidade Agostinho Neto.

 Assunção Cristas foi recebida primeiro pelo secretário-geral do MPLA, Paulo Cassoma, com quem analisou o estado das relações entre as duas formações políticas. À saída da audiência, destacou as reformas que o Executivo angolano vem efectuando, com a adopção de medidas que visam a diversificação da economia, uma política, disse, agrada ao CDS-PP e aos portugueses.
Assunção Cristas considerou que as relações entre o MPLA e o CDS-PP são positivas, apesar de reconhecer que há trabalho a ser feito para o reforço dessa cooperação. Quanto às autarquias em Angola, manifestou o interesse do CDS-PP dar o seu contributo na formação de recursos humanos, para uma participação condigna dos angolanos nas eleições autárquicas de 2020.
A líder do CDS/PP foi igualmente recebida pelo vice-presidente da UNITA, Raúl Danda, com quem trocou impressões sobre a actualidade política em Portugal e em Angola.
De acordo com Raúl Danda, foram abordados desa-fios como as autarquias, bem como a questão do repatriamento de capitais, cuja legislação vai à votação final global amanhã.
Assunção Cristas considerou que o encontro com a direcção da UNITA foi “muito rico”, e serviu para a troca de pontos de vista sobre a situação política nos dois países.
“O nosso relacionamento partidário deve situar-se sempre no plano das relações entre os dois países, e o CDS deve ser um factor positivo no bom relacionamento entre os dois países, ajudando e contribuindo na medida das nossas possibilidades e na posição em que nos encontramos”, disse Cristas.