Política

PGR encoraja formação em novas tecnologias

O Procurador-Geral da República, Hélder Pitta Grós, encorajou no Lubango, província da Huíla, os quadros do sector a apostarem na formação, superação e actualização contínua de conhecimentos para estarem à altura das exigências actuais e do futuro.

Durante uma visita de trabalho de dois dias à província da Huíla, Hélder Pitta Grós alertou para a prática de crimes com recurso a novas tecnologias de informação e comunicação, o que exige maior preparação dos procuradores e efectivos do Serviço de Investigação Criminal (SIC) para lidar com este tipo de métodos.
A formação e a procura per-
manente do conhecimento, salientou, vai permitir definir mecanismos dinâmicos e adequados para o combate de crimes de corrupção, branquea-
mentos de capitais, digitais, associação criminosa e outros. Segundo Hélder Pitta Grós, a PGR precisa de ter mais magistrados em todo o país, para preencher vagas em várias especialidades.
 “A formação deve ser permanente. Temos que nos actualizar, inovar e criar, porque a criminalidade é dinâmica. Temos que estar à altura dos métodos utilizados pelos malfeitores para o cometimento de crimes”, defendeu.
Hélder Pitta Grós ressaltou que a solução do problema da falta de quadros do sector é uma das prioridades da Procuradoria-Geral da República, que também afecta o sistema judicial e o Serviço de Investigação Criminal.
“Estamos a definir estratégias para encontrarmos soluções mais objectivas para o problema da falta de recursos humanos na Procuradoria-Geral da República e nos órgãos de apoio ao Ministério Público, para rapidamente ultrapassarmos esta situação”, disse.
O PGR explicou que o Plano de Desenvolvimento Institucional para os próximos cinco anos está na fase final e vai apresentar o panorama actual de quadros necessários para reforçar o sector.
A reforma da PGR, segun-do o magistrado, continua em curso, mediante a análise e reflexão profunda e objectiva que vai culminar com a me-lhoria da situação actual. “As reformas não são feitas do dia para a noite. São feitas de uma forma muito objectiva e re-flectida.