Sociedade

Bombeiros morreram ao tentar salvar vidas

Dois efectivos do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros da província do Namibe morreram, ontem, em consequência de um acidente de viação quando a viatura tanque que os transportava, para acudir a uma ocorrência, colidiu com uma carrinha, na cidade de Moçâmedes.

A Angop apurou no local que, o carro dos Bombeiros, com sete efectivos, seguia em direcção ao bairro 5 de Abril, para atender a uma chamada para extinção de um incêndio, mas acabou por colidir contra uma viatura e, de seguida, despistou indo embater contra o edifício do Cofre de Previdência da Polícia Nacional.
Devido ao forte impacto do embate, as paredes do edifício do Cofre de Previdência da Polícia Nacional desabaram por cima da viatura tanque dos Bombeiros, tendo causado a morte imediata a dois dos ocupantes que ficaram encarcerados nas ferragens do carro.
As vítimas ainda foram socorridas por populares e mais tarde por colegas da corporação, mas não resistiram aos ferimentos e faleceram ainda antes do resgate.
Testemunhas afirmaram à Angop que o motorista da carrinha não respeitou as sirenes dos Bombeiros, nem cumpriu com o Código de Estrada, que dá prioridade em caso de emergência, facto que esteve na origem do acidente de viação.
Um membro da equipa dos Bombeiros, visivelmente emocionado, lamentou o facto de as vítimas morrerem quando cumpriam uma missão de salvar vidas.
Os outros cinco bombeiros feridos, assim como os dois ocupantes da carrinha, deram entrada no Hospital Ngola Kimbanda, onde estão a receber tratamento médico.
A médica do Hospital Ngola Kimbanda, Helena Ande informou à Angop, que os feridos estão estáveis, apenas um paciente do Corpo de Bombeiros encontra-se na sala de cirurgia.