Sociedade

Estudantes do ISCED-Huíla entre os 21 beneficiários com bolsas da OEI

Estudantes do Instituto Superior de Ciências da Educação da Huíla (ISCED) estão entre os 21 que vão beneficiar de bolsas da Organização de Estados Ibero-Americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), indicadas para os Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

Segundo a Lusa, que cita uma nota de imprensa da OEI, os alunos da instituição angolana farão parte do Programa de Mobilidade Académica Paulo Freire - PALOP, “um projecto-piloto inovador, inspirado no modelo europeu” - o Erasmus -, que vai permitir “a circulação de estudantes entre instituições do ensino superior e portuguesas, com reconhecimento curricular pelas escolas de origem”.
“O programa está a ser dinamizado pelo escritório da OEI em Lisboa, Portugal, e serve a parceria com a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa”, refere o comunicado.
Acrescenta a nota que, além de Angola, os estudantes são originários da Universidade de Cabo Verde, da Escola Nacional Superior Tcho Tê (Guiné-Bissau), da Universidade Pedagógica de Moçambique e da Universidade de São Tomé e Príncipe”.