Sociedade

Mais de duas mil famílias deixam as casas por inundações

Mais de duas mil famílias  que viviam em aproximadamente 300 casas do Bairro 11 de Novembro, município do Cazenga, estão agora em casas de familiares por as suas continuarem inundadas pelas águas das últimas chuvas.

As casas permanecem inabitadas porque na rua do Mabululu, onde se situam, há uma bacia de retenção da água da chuva e faltam canais de saída.  Alguns moradores, que disseram ao Jornal de Angola que sempre que chove a zona fica completamente inundada, culparam a administração municipal por “tudo isto”, pois permitiu que “várias famílias construíssem casas nas linhas de saída da água”. Agora, sublinhou um deles, “nós é que pagamos”. João Marques, 82 anos, residente há 42 na Rua do Mabululu, lembrou que, até 2008, “quando não havia ainda casas sobre as linhas por onde passa a água da bacia de retenção, os moradores não tinham este problema”.