Sociedade

Polícia Fiscal encerra curso de navegação e mecânica

Um total de 135 efectivos da Polícia Fiscal e de Guarda Fronteira, terminaram ontem, em Luanda, os cursos de Navegação, Mecânica e de Fiscalização Externa Tributária, que decorreu durante 10 meses nas instalações da Unidade Fiscal Marítima.

 
A acção formativa visou capacitar os efectivos para o cumprimento das missões de enfrentamento com profissionalismo a bordo das embarcações no espaço marítimo angolano.
O  comissário-chefe Salvador Rodrigues fez saber que a corporação vai continuar a elevar os níveis de formação técnico profissional dos efectivos, por formas a promover uma melhor prestação de serviço no ramo da navegação marítima.
A formação, disse visa garantir uma vigilância e fiscalização marítima eficiente e controlar as mercadorias que entram, transitam e saem das zonas onde a Administração Geral Tributária exerce a sua função.
O segundo comandante geral da Polícia Nacional, recordou que a Polícia Fiscal como força especializada, tem a missão de apoiar à gestão operacional da Administração Geral Tributária, e participa na implementação de iniciativa do alargamento da base tributária e combate à alta informalidade comercial, visando uma maior arrecadação de receitas.
O ciclo de formação, disse, enquadra-se no conjunto de acções de actualização técnica dos efectivos em matérias relacionadas com a navegação, mecânica naval, e Fiscalização Externa Tributária.
Esperança Gaspar, participante do curso, afirmou que tudo vai fazer para em conjunto com os colegas de formação, colocarem na prática os conhecimentos apreendidos.
Os oficiais Edgar Benguela, Manuel Neto, Pedro António, José Militar, Severino Figueiredo, Palmira Bento, e Esperança Gaspar receberem de forma simbólica os certificados de participação e habilitação do curso.