Sociedade

Polícias estrangeiros visitaram Saurimo

Um grupo de 17 polícias de diferentes países da Europa, como Itália, Espanha, Noruega, Bélgica, Áustria e África do Sul, escalou ontem, ao volante de motorizadas, a província da Lunda Sul, numa acção turística, no âmbito do programa de ajuda humanitária que a associação "Moto For Peace Onlus", realiza em vários países africanos.

Os membros da “Moto For Peace Onlus”, que na língua portuguesa significa “Motos pela Paz”, já passaram pelas províncias da Lunda Sul, Cunene e Malanje, onde deixaram bens alimentares, roupa, medicamentos e utensílios de cozinha para as populações carenciadas.
O périplo por África começou em Abril deste ano em Cape Town, África do Sul, tendo de seguida percorrido milhares de quilómetros até à província da Lunda-Sul.
O presidente da Associação “Moto For Peace Onlus”, Bernard Lepore, disse aos jornalistas que a intenção de criar a organização, no ano de 2000, visou limpar a “imagem de terror com que são vistos alguns polícias de todo o mundo, e manter encontros com os colegas de diferentes comunidades de África”.
Depois da África do Sul e Angola, os 17 elementos que compõem a caravana levam apoios a duas localidades da Zâmbia, duas do Zimbabwe, uma do Botswana e outra da África do Sul.
O governador Ernesto Kiteculo ressaltou a importância da região leste do país, no domínio do turismo, tendo reconhecido que o estado de degradação das vias de comunicação, desencorajam a presença de turistas.