Sociedade

Professores do Ensino Primário estão em formação

Um total de 1.782 professores do Ensino Primário, oriundos de 62 escolas de 13 Zonas de Influência Pe-dagógica da província de Luanda, estão a participar, desde ontem, na capital do país, numa formação contínua pedagógica.

A acção, que se realiza no âmbito da implementação do Projecto de Aprendizagem para Todos (PAT), visa disseminar a formação realizada nos cinco pólos regionais, nomeadamente, em Luanda, Lunda-Sul, Huambo, Huíla e Zaire, realizada em Janeiro deste ano.
A anteceder a formação, que se dedica aos módulos 5 e 6 sobre a Diferenciação Pedagógica II e Educação Especial, os professores foram submetidos a um pré-teste para aferir o seu nível pedagógico. O Projecto Aprendizagem para Todos é desenvolvido pelo Ministério da Educação, em parceria com o Banco Mundial (BM) e visa melhorar os conhecimentos e as competências dos professores, a gestão das escolas e desenvolver um sistema de avaliação.
O secretário de Estado do Ensino Técnico Profissional, Jesus Baptista, efectuou uma visita ao Centro de Recurso do Distrito da Maianga, onde decorre a formação, para constatar a realização do pré-teste aplicado aos professores antes da acção.
Jesus Baptista avaliou o nível de aplicação das metodologias ensinadas durante as formações de Maio e Agosto, em matérias de Diferenciação Pedagógica, Educação Especial, Língua Portuguesa e Matemática.
Felix Kamulengo, coordenador provincial de Luanda das Zonas de Influência Pedagógica, disse ao Jornal de Angola que a acção formativa visa, sobretudo, reforçar as competências dos professores do Ensino Primário e melhorar a gestão das escolas. O docente esclareceu que a primeira fase da acção formativa é de âmbito nacional e começou em Outu-bro/Novembro de 2016, a segunda etapa em Janeiro de 2017, em Maio de 2018 até Agosto deste ano realiza-se a terceira e última etapa.
O Projecto de Aprendizagem para Todos, realiza-se desde 2016 e vai até 2019, ano da sua fase de consolidação. O coordenador das Zonas de Influência Pedagógica de Luanda disse que existem a nível nacional 167 Zonas de Influência Pedagógica cadastradas.
Com a implementação do projecto, espera-se a aquisição de competências dos professores, para o desempenho das suas funções em sala de aula.